Arigos & Notícias


Guilherme Coelho Colen condecorado com a Medalha Santos Dumont 2012

26 de outubro de 2012 - em Notícias

Antonio Anastasia reafirma compromisso de Minas Gerais com a liberdade

Governador presidiu entrega da Medalha Santos Dumont, criada para homenagear o Pai da Aviação

 

O governador Antonio Anastasia presidiu, nesta sexta-feira (26), na Fazenda Cabangu, em Santos Dumont, na Zona da Mata, local onde nasceu o “Pai da Aviação”, a cerimônia de entrega da Medalha Santos Dumont a 123 personalidades, entre empresários, políticos, secretários de Estado, militares, professores e artistas. O orador oficial foi o procurador-geral de Justiça de Minas Gerais, Alceu José Torres Marques.

Durante pronunciamento, Anastasia destacou os elementos que garantem a soberania e ressaltou a importância do mineiro Alberto Santos Dumont para a civilização humana. “Nós nos reunimos mais uma vez nesta bela cidade, que homenageia, com seu nome, um dos maiores brasileiros da história, nascido nestas montanhas, para reafirmar os nossos compromissos com a liberdade soberana do povo brasileiro, que só o saber, o domínio da tecnologia, a solidariedade, o trabalho, o desenvolvimento e a força podem assegurar”, disse o governador.

A medalha – em três graus: ouro, prata e bronze – concedida pelo Governo de Minas, é uma homenagem a pessoas e entidades que tenham contribuído para o desenvolvimento e o progresso de Minas Gerais e do país. A comenda foi criada em 1956 para comemorar o cinquentenário do primeiro voo com uma aeronave mais pesada do que o ar, em 23 de outubro de 1906, pelo brasileiro Alberto Santos Dumont. O voo foi realizado em Paris, na França.

Antonio Anastasia lembrou que, no decorrer da história mundial, civilizações sempre tiveram o sonho de criar algum mecanismo que pudesse proporcionar ao homem poder voar, e que este sonho foi concretizado graças a um mineiro. “A montanha é a aspiração da liberdade, a fonte de todos os sonhos. Voar, como voam os pássaros, sempre foi, por tantos milênios, inalcançável esperança de liberdade para o homem, que a mitologia registrou e o mineiro de Cabangu fez cumprir”, ressaltou, dizendo que voar só foi possível com o avião de Santos Dumont, que incitou o estudo continuado da aerodinâmica e a eliminação das engrenagens supérfluas para a possibilidade do voo autônomo do indivíduo.

Contribuição de Minas

O governador destacou o legado de Minas Gerais, que sempre deu ao Brasil personalidades que contribuíram para a construção do país e marcaram a história. “O sonho de voar de Santos Dumont encontrou amparo no sonho ensandecido pela Liberdade de Tiradentes e depois serviu de inspiração para o sonho tornado realidade de Juscelino pelo desenvolvimento e progresso. São estes sonhos que marcam Minas e os mineiros e servem à Pátria”, afirmou.

Anastasia também ressaltou o sentimento dos brasileiros em relação ao país e a contribuição dos cidadãos para o engrandecimento do Brasil. “Não há parcela de nosso solo que não seja sagrada, pelo amor de seu povo à pátria brasileira. Em cada paisagem há o mesmo e forte sentimento, afetuosa integração entre a transcendência e o chão, entre o sonho e as rochas, entre o amor, a razão e o trabalho”, disse o governador.

Desenvolvimento

O orador oficial da cerimônia, procurador-geral de Justiça de Minas Gerais, Alceu José Torres Marques, destacou o crescimento do Estado e lembrou a contribuição do trabalho do povo mineiro para o desenvolvimento. “Não é, pois, pela graça da natureza que Minas ostenta invejáveis índices de crescimento, muito superiores à média nacional. Não é por obra do acaso que o nosso nível de desemprego é um dos menores do país. Não é porque Deus nos deu o berço esplêndido da província mineral mais diversificada da orbe, que nossa economia se desenvolve. É pela genialidade de um sem-número de mineiros, Santos Dumont anônimos da prudência, do trabalho duro e da criatividade, que Minas Gerais, com orgulho, desfralda a bandeira do crescimento sustentável, com justiça social e bem-estar para todos”, disse.

Lembrando que a atual geração aprendeu a conhecer o Brasil como um país do futuro, da esperança e das oportunidades, o procurador-geral afirmou que todos devem atentar para o fato de que o futuro chegou. “A hora é agora. É possível transformar em realidade o que outros sonharam ao longo dos anos”, completou.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/multimidia/galerias/antonio-anastasia-reafirma-compromisso-de-minas-gerais-com-a-liberdade-2/

 

Rua Desembargador Jorge Fontana, 428/914 - Belvedere
CEP 30320-670 - Belo Horizonte/Minas Gerais

Atendimento

(31) 3194-1000

 

 

Copyright © 2013. Colen & Peixoto advogados.

Todos os direitos reservados.